SINDEP/MG marca presença no ato contra pacote de maldades



Servidores públicos em geral, e, em especial, as forças de segurança realizaram nesta quarta-feira, 8/7, um grande ato público contra o pacote de maldades do governador Romeu Zema.


A manifestação teve início na Assembleia Legislativa (ALMG), com a presença de muitos policiais civis. Logo depois, os servidores seguiram para a Praça Sete. O SINDEP/MG não se furtou à busca dos direitos dos Policiais Civis, em especial, dos Escrivães de Polícia, marcando presença com toda sua diretoria.




"A segurança pública do Estado, em meio a grave crise econômica/social do país, sempre permaneceu com suas atividades ininterruptas. Fomos enganados pelo governador, que após um ano de negociação não cumpriu com sua palavra, por isso, exigimos respeito com nossa categoria. É uma irresponsabilidade do governo provocar a necessidade de mobilização dos servidores públicos neste momento de pandemia", destaca Bruno Viegas, presidente do SINDEP/MG.


O diretor Marcelo Horta ressalta que a reforma proposta pelo governo desintegrará a Polícia Civil, que há anos tem sido sucateada. "É pura maldade de um governo que não compreende a estrutura estatal e pensa que gerir o Estado é como gerir as empresas de sua família. Não compreende que as funções de Estado, principalmente de segurança, não podem ser tratadas com descaso".


O SINDEP/MG reforça que a categoria precisa se manter forte e unida. Na próxima terça-feira está marcada uma nova mobilização, a partir das 8h na ALMG. Contamos com a participação de todos. A Polícia Civil depende dessa luta para sobreviver e não permitiremos que esse governo fortaleça a IMPUNIDADE através da destruição da Polícia Civil!








© 2017 - SINDEP/MG

  • Facebook ícone social
  • Instagram

União. Justiça. Valorização.