ENTIDADES DE CLASSE DAS POLÍCIAS NÃO MILITARES SE REÚNEM E PRODUZEM DOCUMENTO PARA DEPUTADOS



As entidades de classe que representam a Polícia Civil, a Polícia Penal e os Agentes Socioeducativos se reuniram, nesta quarta-feira (24), para traçar estratégias para resguardar os direitos previdenciários, alinhando juridicamente com especialista para apresentação de emendas.


Os dirigentes presentes entendem que, assim como a polícia militar, as demais forças de segurança devem ter as mesmas garantias e direitos, uma vez que todos trabalham com risco iminente de morte, pois o crime não escolhe farda nem distintivo.


Por este motivo, além das questões administrativas como os adicionais por tempo de serviço e de desempenho, que são retirados pela PEC da "previdência", as entidades lutarão pela integralidade e paridade nas aposentadorias; pensão integral, paritária e vitalícia (independente da causa da morte); aposentadoria por invalidez integral independente da causa; alíquota de até 10,5%; pedágio de 17%; e sem idade mínima para aposentar, com tempo de serviço de 35 anos.


Os dirigentes das entidades também escreveram uma carta aos deputados estaduais da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que reunir-se-á na manhã do dia 25/06/2020, para leitura e instrução da "PEC DA MALDADE" encaminhada pelo Governador Zema, objetivando suscitar a sensibilidade dos parlamentares à não compactuarem com tamanha covardia pretendida contra os valorosos servidores públicos, em especial, os da Segurança Pública, carta essa, que será entregue em mãos aos parlamentares.


Diante disso, as lideranças também estão articulando junto à parlamentares, para viabilizar agenda com o Presidente da ALMG, Agostinho Patrus.


Participaram da reunião, realizada na sede do SINDEP/MG, representando as entidades da Polícia Civil, o Presidente do SINDEP/MG, Bruno Viegas e o diretor Jurídico, Marcelo Horta;o Presidente do SINDPOL/MG, José Maria Cachimbinho, os diretores Mário Antônio e Margareth Dionísia, os assessores Wermerson Oliveira e Aline Risi, também Presidente da Aespol; o Presidente do SINDPECRI, Wilton Sales; .pelas entidades da Polícia Penal, o presidente do SINDASP, Cláudio Costa, e o Vice-Presidente, Jean Otoni; pela entidade dos Agentes Socioeducativos, o Presidente do SINDSISEMG, Alex Gomes.



© 2017 - SINDEP/MG

  • Facebook ícone social
  • Instagram

União. Justiça. Valorização.