Departamento Jurídico do SINDEP/MG obtém tutela antecipada em Juízo para evitar o desconto direto de


Com a falta de pagamento do Governo Pimentel dos empréstimos consignados feitos pelos servidores, o Banco do Brasil passou a descontar direto na conta corrente dos policiais civis, desestruturando-os, uma vez que recebem de forma parcelada.

Diante dessa instabilidade gerada pelo Governo, o SINDEP/MG ingressou com ação pedindo os efeitos da tutela de urgência, para evitar esse desconto direto na conta do filiado, obtendo êxito. O Juiz da 29ª Vara Cível da Capital acatou todos os pedidos da petição inicial, deferindo a tutela antecipada.

O Departamento Jurídico do SINDEP/MG já providenciou, com urgência, a juntada da lista de filiados da entidade, para a devida intimação do Banco do Brasil pelo juízo, para o cumprimento imediato da decisão.

Se vc é filiado e identificar que mesmo após a decisão judicial o Banco do Brasil continuar descontando direto em sua conta o empréstimo que deveria ser consignado, entre em contato com o SINDEP/MG no telefone 2520-6034, em nosso departamento jurídico.

Esta decisão tem efeito somente para os filiados.

Para você que não é filiado, FILIE-SE!

VAMOS FORTALECER NOSSO SINDICATO! O SINDEP/MG luta pelo interesse da categoria!!


© 2017 - SINDEP/MG

  • Facebook ícone social
  • Instagram

União. Justiça. Valorização.